top of page
  • Foto do escritorAcademia do Laser

Comparação sonográfica de características morfológicas: cistos pilonidais e hidradenite supurativa


Ximena Wortsman, Ariel Castro, Claudia Morales, Carmen Franco, Andres Figueroa



Resumo


Objetivos: Comparar as características ultrassonográficas dos cistos pilonidais e da hidradenite supurativa.


Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo de exames ultrassonográficos em 2

grupos: 1 com cistos pilonidais e outro com hidradenite supurativa. As características ultrassonográficas dos grupos cisto pilonidal e hidradenite supurativa foram analisadas, comparadas e correlacionadas, incluindo análise dos achados histológicos. Para o grupo cisto pilonidal também foram descritas a distribuição, características morfológicas, localização, forma, diâmetro, eixo, vascularização e cicatriz. As análises estatísticas incluíram os testes de Spearman, Wilcoxon, Kruskall-Wallis, χ2 e Fisher.


Resultados: Foram revisados os exames ultrassonográficos de 84 pacientes: 43 com cistos pilonidais e 41 com hidradenite supurativa. A comparação das características morfológicas das principais lesões entre os grupos cisto pilonidal e hidradenite supurativa não mostrou diferenças estatisticamente significativas (P < 0,05). Ambos os grupos tinham estruturas semelhantes em forma de saco dérmico e hipodérmico e em forma de faixa que se comunicavam com a base alargada dos folículos capilares. Fragmentos retidos de tratos capilares dentro das lesões foram detectados ultrassonograficamente tanto em cistos pilonidais (100%) quanto em hidradenite supurativa (83%) e também encontrados em espécimes histológicos; no entanto, a densidade dos tratos capilares por estrutura foi maior

nos cistos pilonidais. Os sinais ultrassonográficos de cicatrização estavam ausentes em 63% dos cistos pilonidais. Apenas 2% dos cistos pilonidais apresentaram estruturas comunicantes em forma de banda.

Conclusões: As principais lesões de cistos pilonidais e hidradenite supurativa têm

características morfológicas ultrassonográficas semelhantes, o que sugere que um cisto pilonidal pode ser uma forma variante ou localizada de hidradenite supurativa. Os fragmentos retidos de tratos capilares frequentemente detectados em ambas as entidades podem ser causados pela produção ectópica de cabelos e não pela incorporação. Estratégias terapêuticas e pesquisas comuns podem ser elaboradas para ambas as entidades.


© 2017 pelo Instituto Americano de Ultrassonografia em Medicina.

Leia o artigo completo através do DOI: 10.1002/jum.14282

Comments


  • Youtube
  • Instagram
  • Whatsapp
bottom of page